Categorias
Uncategorized

Sua operação tem perfil para mídia programática?

Você sabia que até a alguns anos atrás, a compra de mídia online era feita manualmente e separadamente, com negociações com os sites que tinham o espaço para anúncio e com quem desejava anunciar? 

Já dá para imaginar que com tantas mudanças no comportamento, principalmente digital, e novas soluções que surgem todos os dias, esse formato não funcionaria atualmente, não é?

Além de ser muito mais trabalhoso, esse processo era muito mais demorado e custoso.

Foi aí que nasceu a mídia programática. Você sabe o que é e como ela funciona?

O que é mídia programática?

A mídia programática nada mais é que uma forma automatizada para comprar espaços online para publicidade, assim como é feito com o Google Ads e Facebook Ads.

Se você já investe nesse formato de mídia online, ótimo. Mas é hora de se aprofundar em como melhorar ainda mais a performance das suas campanhas usando a mídia programática a favor do seu negócio.

Qualquer empresa pode trabalhar com mídia programática, até porque, como seu funcionamento é automatizado, com apenas uma operação é possível ter sua campanha exibida em diversos sites.

Uma das vantagens da mídia programática é que grande parte das estratégias é focada na compra de audiência e não somente de canal. Isso garante que os anúncios apareçam para um público qualificado de acordo com a segmentação que você definir.

Falando em segmentação, outro fator importante sobre a mídia programática é que ela possibilita que a comunicação por texto ou por criativos, seja personalizada e direcionada para os diferentes públicos definidos na campanha, tanto por interesse quanto por intenção de compra, o que torna suas campanhas mais certeiras, diminuindo as chances de você jogar seu investimento no ralo.

E quando o assunto é otimização, ter margens para teste é fundamental. Na mídia programática é possível testar e otimizar durante a campanha, potencializando as reais chances de aumento de resultado.

Sua operação tem perfil para usar mídia programática?

Assim como já adiantamos, a mídia programática é indicada para qualquer empresa que tenha como estratégia a performance digital para aumento do faturamento. Ou seja, se você tem (ou quer ter) uma equipe ou uma agência para cuidar das suas ações online, apostar em mídia programática certamente é um caminho promissor. 

A automação de compra de anúncios online é muito positiva para trabalhar o reconhecimento de marca, atuar dentro da jornada de compra e, com uma estratégia bem desenhada, aumentar a performance para geração de leads ou conversão em vendas. É possível atingir todos esses objetivos, pois a mídia programática interage com os usuários que em algum momento sinalizaram interesse no tipo de serviço ou produto que você definiu na sua campanha, possibilitando que o retargeting funcione com mais exatidão.

Para ecommerces, a mídia programática é uma excelente aliada e deve ser considerada dentro do orçamento de mídia da sua estratégia digital. A we.digi é referência no aumento de performance para lojas online, implementando também, estratégias de mídia programática para aumento do ROI e, consequentemente, aumento de faturamento. 

Se você quiser entender melhor como a mídia programática pode se encaixar no seu negócio e ter resultados mais sólidos de uma maneira descomplicada e bem orientada, entre em contato com a nossa equipe para ter um levantamento detalhado de como o seu negócio digital poderá potencializar os resultados com mais inteligência, facilidade e transparência.

Por Fabio Costa

Head de Mídia
Pai de um casal pimentinha
Apaixonado por filmes e Copa do Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *