Ecommerce seguro: Como proteger seu ecommerce de possíveis ataques
ecommerce seguro

O sucesso de qualquer loja online depende de um questionamento chave: como manter seu ecommerce seguro e longe de ataques?

Com o aumento e fortalecimento do comércio online no país, os consumidores estão cada vez mais adeptos a fazer compras pela internet e compartilhar dados sensíveis com terceiros. Porém, com o aumento de transações, cresceu também, o aumento de crimes virtuais, o que envolve vazamento de dados, fraudes e outros tipos de ataques que podem prejudicar não somente o consumidor, como também a reputação das lojas, impactar negativamente os negócios e viabilidade financeira do seu ecommerce.

Preocupar-se em manter seu ecommerce seguro é importante também para estar dentro das regras exigidas pela Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD, que em breve entrará em vigor e prevê penalidades para ambientes online que não seguirem as condições mínimas para garantir a segurança do comprador.

Um ecommerce seguro não precisa de dados extras

Em um Webinar da série VTEX Masterclass, Daniel Marchetti, diretor de Customer Compliance e Fraudes da Mastercard, conscientiza de que varejo precisa coletar somente os dados minimamente necessários e ter uma forte política de proteção dessas informações. “Os fraudadores são super organizados e têm uma estratégia de monetização dos dados que conseguem obter.”, conclui.

Quanto mais dados você reter, mais motivos terá para chamar a atenção de possíveis ataques. Portanto, solicitar mais dados que o necessário para que a sua operação funcione pode ser uma grande armadilha que você deve evitar.

Junte-se a nós
Receba conteúdos sobre marketing de performance, Plataforma Vtex e performance digital exclusivos e com prioridade

As falhas de segurança mais comuns em um ecommerce 

Para manter seu ecommerce seguro, é importante saber quais são as falhas de segurança mais comuns para evitar que elas ocorram dentro da sua loja online. Algumas dessas fragilidades vão desde falta de atenção ao gerenciar os servidores, faltando com as atualizações necessárias e ficando expostos a inúmeras ameaças, até pouco budget para investir em ferramentas especializadas para garantir a segurança da plataforma. 

Veja os ataques mais comuns em um ecommerce com segurança fragilizada:

Roubo de informações: um dos ataques mais temidos por consumidores e lojistas, o roubo de informações acontece, pois muitos sites permitem que informações importantes, como o número do cartão de crédito, possa ser armazenadas nos bancos de dados, o sistema se torna mira dos atacantes para roubar os dados de clientes. 

Alteração de preço: Não ter um ecommerce seguro pode expor a loja a esse tipo de ataque, quando o atacante consegue modificar o valor dos produtos fazendo uma manipulação na URL.

Códigos maliciosos: Os velhos e temidos vírus e malwares são usados para infectar o computador do comprador e roubar mais informações. Por mais que esse tipo de ataque possa surgir de diversas origens, como email e outros dispositivos conectados ao computador, manter o ecommerce seguro evita que sua loja fique vulnerável a esse tipo de ataque.

Formas de manter seu ecommerce seguro 

A primeira ação para manter seu ecommerce seguro é garantir que a sua plataforma seja confiável. A VTEX, por exemplo, possui Certificado PCI – SSC, uma certificação de segurança no pagamento que garante que todo usuário que comprar em seu ecommerce terá um fator de segurança maior que em outros locais.  A certificação é uma das mais usadas em todo o mundo e, na América Latina, apenas a VTEX oferece.

Veja outras maneiras de manter seu ecommerce seguro e longe de ataques:

  • Mantenha os dados de seus clientes protegidos
  • Configure o site com HTTPS
  • Crie uma política de senhas fortes para administradores do site
  • Faça backups periodicamente de todos os dados 
  • Esteja ciente dos processos de segurança que sistemas de pagamento que você integrar com a sua loja possuem

Que outras ações você faz para manter o seu ecommerce seguro? Compartilhe com a gente nos comentários. Caso você queira mais dicas para diminuir a vulnerabilidade da sua loja online, entre em contato com a nossa equipe especialista e garanta um ambiente mais seguro para os seu clientes e também para a saúde do seu negócio.

Clique aqui e solicite o contato da nossa equipe

    Por Felipe Trudes

    Novos negócios