Como preparar seu ecommerce VTEX para receber via Pix
pix

O pagamento via Pix é praticamente uma realidade em todo país. A partir de 16 de novembro, o novo meio de pagamento estará disponível para transações pessoais e comerciais, sendo uma alternativa para pagamentos via TED, DOC e boleto, em até 10 segundos, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana usando apenas o app do banco.

Se você anda meio desligado e não sabe do que estamos falando, entenda mais sobre o Pix aqui

Junte-se a nós
Receba conteúdos sobre marketing de performance, Plataforma Vtex e performance digital exclusivos e com prioridade

A novidade está causando ansiedade entre os consumidores, que poderão ter suas compras compensadas instantaneamente, sem depender de horário bancário e ter mais agilidade no processo de compras.

De acordo com os critérios de elegibilidade estabelecidos pelo BCB, alguns segmentos serão obrigados a oferecer o Pix como forma de pagamento, enquanto outros poderão oferecê-lo opcionalmente.

Mas para oferecer o Pix como mais uma forma de pagamento no seu ecommerce, é preciso prepará-lo para isso. Veja o que é preciso para preparar o seu ecommerce.

Hora de integrar o Pix ao seu ecommerce VTEX

Para quem tem um ecommerce VTEX, a integração já pode ser feita desde 19 de outubro via Payment Provider Protocol. 

Para as instituições de pagamento que já são parceiras VTEX, basta entrar em contato direto com um Partner Manager e solicitar a integração. A we.digi é Partner Manager preparada para integrar o Pix como novo meio de pagamento para lojas VTEX. Para iniciar o procedimento e deixar o processo de integração com a gente clique aqui e entre em contato com a nossa equipe.

Se o seu ecommerce ainda não é parceiro VTEX, fale com a gente para iniciar a parceria e incluir o Pix na sua loja.

Condições de integração do Pix em VTEX

Para ter o Pix no seu ecommerce, é necessário entrar em contato com a empresa intermediadora dos pagamentos no seu ecommerce para integrá-lo a sua loja. Outra forma é escolher um parceiro que já atua com a VTEX para realizar os trâmites administrativos e técnicos. Segundo a VTEX,  atualmente os parceiros disponíveis são: PayMee, Spin Pay e IUGU.

Feito isso, é preciso contar com o middleware da plataforma que irá implementar o Payment Provider Protocol. Com isso, alguns outros requisitos também devem ser seguidos, confira abaixo os pontos destacados pela rede de suporte da VTEX:

  • Todos os pontos de extremidade devem ser servidos por HTTPS na porta 443 com suporte TLS 1.2. Conexões por HTTP não protegido não serão aceitas em nenhuma circunstância.
  • O integrador deve criar um subdomínio ou nome de domínio para os terminais do provedor. Os endereços IP não serão aceitos como nomes em nenhuma circunstância.
  • O middleware deve responder de forma consistente dentro dos tempos de resposta estabelecidos. Será aplicado um tempo de resposta máximo de 5 segundos para testes de homologação, bem como um tempo de resposta máximo de 20 segundos para qualquer outra solicitação de API.
  • A implementação do Fluxo de Pagamento é obrigatória, enquanto o Fluxo de Configuração é opcional.

O protocolo oficial da plataforma destaca 10 pontos principais para implementar o Pix no ecommerce VTEX, porém nem todos são realmente aplicáveis na integração do novo meio de pagamento. 

Se você não quer perder oportunidades de venda e oferecer a melhor experiência de compra para o seu cliente, entre em contato com a nossa equipe e tenha o Pix disponível desde o início!

Clique aqui e solicite o contato da nossa equipe

    Por Felipe Trudes

    Novos negócios