Como melhorar a experiência do usuário no e-commerce?

A experiência do usuário (UX) é um dos pilares para o sucesso de um e-commerce. Veja quais ações podem ser colocadas em prática visando a otimização da UX.

Uma marca inteligente está sempre em busca de aprimorar a experiência do usuário, um dos conceitos que mais influencia na taxa de conversão. Acompanhe as principais informações sobre UX e veja como a we.digi pode auxiliar nesse processo.

Junte-se a nós
Receba conteúdos sobre marketing de performance, Plataforma Vtex e performance digital exclusivos e com prioridade

O que é experiência do usuário?

O conceito de experiência do usuário – ou User Experience (UX) –, é totalmente focado no consumidor que utiliza e-commerces para fazer compras. Assim, propõe ações para o desenvolvimento de serviços, produtos, plataformas e softwares que entreguem a melhor jornada possível às pessoas.

A UX, em um e-commerce, deve garantir uma interação positiva entre o usuário e a plataforma online, desde o processo de conhecer a loja até o fechamento do pedido. Sua ideia central é estabelecer uma relação de confiança e transmitir todas as informações importantes ao cliente.

Quais fatores influenciam a UX?

A experiência do usuário, para ser totalmente positiva, deve seguir alguns fatores com relação às informações entregues ao consumidor, que devem ser:

  • Acessíveis: independentemente do público, todo usuário deve conseguir navegar pelo site e realizar compras – por isso, a plataforma precisa ser intuitiva;
  • Críveis: não se pode enganar o usuário! Todas as informações devem ser confiáveis;
  • Desejáveis: precisa-se tornar os elementos de design de um site superemocionantes;
  • Fáceis: a organização das informações tem que ocorrer de forma a facilitar o acesso e a localização de produtos;
  • Utilizáveis: o site precisa oferecer produtos e serviços de usabilidade;
  • Úteis: o conteúdo precisa ser de extrema relevância, e não apenas bem-apresentado;
  • Valiosas: uma informação valiosa é aquela de forte apelo emocional e que encanta o usuário.

5 dicas para melhorar a experiência do usuário no seu e-commerce

1. Realize pesquisas

Ouvir o público pode render informações de feedback muito valiosas. Ou seja, entender o que o cliente busca, precisa e o que o faz abandonar o carrinho ajuda a ter mais clareza sobre a real situação da empresa, seus gargalos e o que precisa ser melhorado.

2. Analise o comportamento dos clientes

Para saber o que é preciso ser modificado na experiência fornecida pelo e-commerce, é preciso observar o que o público tem feito na plataforma. Alguns relatórios e análises do próprio Google Analytics podem ajudar nesse processo.

3. Adote plataformas que facilitem o processo de compra

Com algumas ferramentas, como o salvamento automático de dados, é possível oferecer ao cliente a possibilidade de efetuar as próximas compras com um só clique.

4. Invista em uma plataforma de e-commerce com boa estética

Estética não diz respeito apenas a elementos visualmente bonitos, e sim a uma plataforma que corresponda ao que o seu público espera de uma loja virtual. Por meio de um layout harmonioso, é possível conduzir o consumidor pelo funil de compras de forma mais fluida.

Além disso, o e-commerce deve fornecer plataforma mobile para que os clientes possam acessar a loja direto de seus dispositivos móveis e fazer compras, tendo uma ótima experiência.

5. Ofereça conteúdo de qualidade

O conteúdo fornecido pelo site é um dos carros-chefe da marca. Ele deve ser de alto teor informativo para que faça diferença na vida do usuário e seja relevante o suficiente para que ele continue navegando pela plataforma, de forma a chegar ao fechamento do carrinho.

Como educar o usuário do seu e-commerce?

Hoje, o fluxo de informações ocorre de forma extremamente ágil e, na Internet, há inúmeros conteúdos à disposição do usuário. Por isso, o e-commerce deve agir de forma assertiva para garantir que o seu cliente esteja sendo educado da melhor forma possível.

Para educar o usuário, a marca deve fornecer um conteúdo completo que, além de chamar a atenção, forneça soluções que resolvam o problema dele – mas não em linguagem mercadológica, e sim como quem realmente sabe o que o consumidor está sentindo.

O conteúdo que traga soluções para os problemas do usuário pode ser feito em formato de:

  • Artigo, vídeo, post ou material rico com dicas eficazes, que mostrem soluções efetivas (e uma delas pode ser o produto ou serviço oferecido pelo seu e-commerce);
  • Indicação de produto ou serviço, mostrando os atributos que apenas a sua marca tem a oferecer (sem utilizar linguagem apelativa ou comercial, mas sim um tom de informação quase imparcial).

Lembre-se: o seu conteúdo deve sempre envolver e educar os clientes. Dessa forma, eles farão compras e voltarão para fechar novos negócios.

Tenha resultados surpreendentes investindo na experiência do usuário em e-commerce

Investir em métodos para melhorar a experiência do usuário em um e-commerce é fundamental, tanto para educar o consumidor quanto para garantir que ele fique satisfeito com todas as etapas do processo, voltando para fazer novas compras (o que chamamos de fidelização). 

Concomitantemente a isso, a We.digi surge como uma alavanca que garante a otimização de campanhas e anúncios, trazendo ainda mais resultados positivos para os números do e-commerce.

Nós, da agência we.digi, contamos com uma equipe de profissionais que, por meio de técnicas inovadoras, pode traçar diagnósticos e descobrir o que realmente precisa ser reestruturado para que anúncios e campanhas tenham a melhor performance possível, sempre com um acompanhamento contínuo e de olho nos resultados.

Navegue pelo site para saber como a we.digi pode ajudar o seu e-commerce a prosperar!

    Por Fabio Costa

    Head de Mídia
    Pai de um casal pimentinha
    Apaixonado por filmes e Copa do Mundo