Categorias
Uncategorized

Como engajar seus vendedores no e-commerce em tempos de quarentena?

2020 está sendo diferente de todas as previsões que foram publicadas no fim de 2019. Disseram que seria o ano dos vídeos, do podcast, do mobile…só esqueceram de prever que a vida offline pediria uma pausa e isso impactaria completamente a maneira como as pessoas iriam mudar seus hábitos de consumo e como as empresas se adaptariam diante disso.

Estamos falando da pandemia mundial do novo coronavírus. 

Junte-se a nós
Receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O comércio de rua fechou as portas, os shoppings também, o modelo tradicional de trabalho mudou de endereço e se instalou na casa dos colaboradores, tornando o home office uma das poucas alternativas viáveis para manter as empresas de portas abertas.

No meio de tantas mudanças repentinas, um modelo de negócio se destacou: o ecommerce. Nesse formato, as portas estão sempre abertas para o consumidor sem que ele tenha que sair de casa. Ou seja, o comércio físico pode até fechar, mas há maneiras para que as vendas continuem acontecendo sem que você tenha um vendedor atendendo presencialmente.

Apesar das vendas online terem crescido rapidamente nos últimos anos, o ecommerce representa atualmente menos de 5% do faturamento total do varejo. Isso quer dizer que ainda há muito mercado a ser explorado. Sabendo disso, grandes e pequenas marcas estão olhando para o mercado online como uma das saídas para as lojas virarem o jogo nesse momento de crise.

Loja física Vs Loja online

Não é de hoje que as equipes de vendas das lojas físicas encaram as lojas online como um concorrente. Afinal, o mesmo cliente que vai até a sua loja fazer uma compra presencialmente, pode fazer a mesma compra sem sair de casa e, na maioria das vezes, com descontos mais atrativos, mexendo no seu comissionamento. 

Se você tem loja física e online já deve ter ouvido esse tipo de queixa. Mas você já parou para pensar que os seus vendedores podem ser peças fundamentais para esse momento de integração de canais? Para isso, é preciso fazer um trabalho de engajamento da equipe e tornar o ecommerce uma ferramenta de trabalho do seu vendedor e não um adversário na disputa de quem vende mais.

Veja algumas dicas de como preparar o seu negócio e engajar seus vendedores no ecommerce da sua marca para que esse tipo de atitude possa te ajudar a continuar vendendo mesmo em época de quarentena.

Separamos algumas dicas entre as ações que a empresa precisa estipular e o que o ecommerce deve preparar antes de tornar a loja online um recurso de vendas para a sua equipe. 

Checklist da empresa:

✓ Antes de qualquer coisa, é preciso entender como funciona a divisão dos clientes atualmente. Como é feito essa distribuição na sua empresa? Quantos clientes vão para cada vendedor? Essa etapa precisa estar bem definida e transparente para todos os envolvidos.

✓ Defina como será o comissionamento online e tire todas as possíveis dúvidas em relação a isso para que o vendedor saiba quais serão seus ganhos diante de seus esforços de venda.

✓ Use o Whatsapp Business para facilitar o atendimento por meio de recursos de respostas automática e flags, como aguardando atendimento, pedido liberado, etc…

✓ Reserve um tempo para fazer o treinamento com os vendedores de como eles poderão realizar essa prática da forma correta e otimizar os processos de atendimento ao consumidor, já que agora eles estarão online e, possivelmente atenderão vários clientes ao mesmo tempo.

✓ Disponibilize materiais para divulgação, como fotos dos produtos, cupons, ofertas, frete grátis, entre outros. Assim como você sabe, na internet a concorrência é alta. Portanto, é preciso oferecer recursos à sua equipe para que eles também possam chamar a atenção do consumidor e estimular o interesse pela compra. 

✓ Explore os recursos de comunicação que você tem disponível. Trabalhar com envio de e-mail e SMS para os clientes alertando sobre alguma ação pode ser um ótimo caminho de fazer a migração do offline para o online acontecer nesse momento.

Checklist do ecommerce:

O principal preparo que você deverá ter no seu ecommerce é mapear como as vendas de seus vendedores.serão mensuradas.

✓ Defina como as vendas e comissionamentos serão mensurados. De nada adianta criar uma política de comissões por venda online e vendedor se você não estiver estabelecido a forma como vai medir isso. Existem alguns caminhos para mensurar esses resultados, como por exemplo, criar cupons de desconto para cada vendedor, ou então, utilizar UTMs para parametrizar as vendas vindas de cada um da equipe. Outra forma também, é disponibilizar um campo com o código do vendedor no momento da finalização da venda, assim, no fechamento poderá ser indicado quem foi o responsáel pela venda.

Dessa maneira, você poderá manter a sua equipe de vendas unificada com o ecommerce ampliando ainda mais as chances de manter as vendas ativas durante o período em que as lojas físicas estarão de portas fechadas.

Quer mostrar pra sua equipe de vendas
que o e-commerce é um aliado?

Nós da we.digi estamos prontos pra te ajudar nessa tarefa. Fale com a gente para configurar toda sua loja e prestar a melhor assessoria para seu time de vendas durante a quarentena.

Por Felipe Trudes

Novos negócios